Estudantes convocam ato contra aprovação do novo regimento da Pós

No dia 25/4 (quarta-feira) será realizada a votação do novo regimento de pós-graduação da USP no Conselho de Pós-Graduação (CoPGr). Trata-se de uma proposta regimental cuja elaboração foi encaminhada sem um processo amplo de discussão e deliberação. Assim os estudantes de pós-graduação e graduação, reunidos em suas assembleias, acreditam que a elaboração de uma proposta de alteração regimental da pós-graduação da USP não pode ser realizada sem a criação de espaços de debate, e solicitam um tempo de discussão de no mínimo seis meses, com a construção de um calendário e espaços de discussão e deliberação definidos junto à ampla maioria da comunidade. Para garantir que esse calendário e esses espaços sejam criados convocamos a todos ao ato do dia 25/04/12 às 10h em frente à Reitoria, contra a aprovação do novo regimento.   Diante da forma apressada e antidemocrática como aparece a proposta do novo regimento e principalmente diante dos recentes acontecimentos acreditamos que a situação em que a USP se encontra hoje é insustentável: 84 estudantes já foram presos, 8 estudantes expulsos, existem inúmeros processos administrativos e judiciais contra estudantes e trabalhadores.  Todos esses fatos consolidam um ambiente de verdadeira asfixia ao exercício do livre pensamento na medida em que subvertem a livre expressão e tornam impraticáveis os atos de livre criação. ATÉ QUANDO?  A respeito da nova proposta de regimento da pós-graduação da USP:

• Permite que existam orientadores sem título de Doutor e sem diploma de ensino superior;

• Permite que os orientadores (não doutores, e não graduados, e não docentes da USP) possam ser membros do conselho deliberativo atuando como coordenadores do programa de pós-graduação. De outro lado, não permite que estudantes (mestrandos e doutorandos) sejam coordenadores do programa de pós-graduação;

• Com base nos pontos anteriores abre espaço para atuação desenfreada de agentes externos a universidade e de intenções diversas na atuação do rumo das pesquisas e do ensino de pós-graduação;

• Abre espaço para cobrança de taxas em parcerias com universidades estrangeiras;

• Retira o direito de voto do orientador nas bancas de defesa;

• Facilita a desativação de cursos/programas de pós-graduação pela reitoria por motivações ainda desconhecidas, ao mesmo tempo em que restringe a criação de novos;

• Impõe o exame de qualificação para mestrados;

• Restringe a defesa do exame de qualificação em até 18 meses, excluindo a possibilidade de uma nova defesa em caso de reprovação;

• Facilita a exclusão de estudantes por motivações dos próprios conselhos de PG.

PRÓXIMA ASSEMBLEIA DA PÓS-GRADUAÇÃO:

26/04 19h na FAU 

 

todos ao ato CONTRA O NOVO REGIMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO

quarta-feira, 25/4,  às 10h, em frente à Reitoria