Moção de apoio dos estudantes em greve no Québec ao movimento estudantil da USP

A Coalizão Larga da Associação pela Solidariedade Sindical Estudantil, que conta com mais de 50% dos 165.000 estudantes em greve do Québec (Canadá), votou (com 1 abstenção e o resto a favor) a seguinte proposta:
Que a Coalizão se coloca oficialmente em solidariedade ao movimento estudantil da Universidade de São Paulo.
A Coalizão se coloca a favor das seguintes posições:

1- Fim do convênio USP-PM e saída definitiva da Policia Militar do campus;

2- Constituição de um comitê com maioria estudantil/trabalhadora para colocar alternativas de segurança na USP;

3- Fim dos processos administrativos e judiciais e expulsões de trabalhadores e estudantes por causas relacionadas à militância política;

4- Fim do processo de privatização da USP e

5- Renúncia do reitor João Grandino Rodas.