Moção de Solidariedade apresentada pelo Comitê de Luta Classista (CLC) e aprovada na assembléia do Sepe RJ

O SEPE (Sindicato Estadual da Educação) vem através desta fazer os seus veementes protestos contra a decisão judicial que criminaliza 72 estudantes da USP (Universidade de São Paulo) processados por “vandalismo”.
Esta sentença se encaixa perfeitamente no curso da criminalização dos movimentos sociais, da contra reforma sindical, trabalhista e estudantil, levadas a cabo desde o Palácio do Planalto, governo tucano de São Paulo e demais governantes ao redor do país.
É preciso derrotar a vontade da burguesia tucana e seus agentes de tratar o movimento estudantil como “caso de polícia”.no melhor estilo praticados pelos ditadores de 1964.
Para vencer esta batalha é necessário mobilizar os movimentos sociais, particularmente as potências operárias. Mobilização que o SEPE RJ deve fazer parte..

– Abaixo a repressão contra o movimento estudantil!
– Pela imediata anulação dos processos!

Assinam esta moção:

Cecília A. Braz – CLC/Sepe/VR
Ubaldino R. Pereira – professor de filosofia e sociologia
Rafael dos Santos Araujo – estudante da FAETEC
Clóvis Andre Oliveira – professor 
Marco Túlio – SEPE/RJ
Carlos Alberto de Paula – SEPE/RJ 
Geraldo da Costa – funcionário/VR
Roberto Simões – SEPE/RJ
Pedro Ney M. Alves – SEPE/BM
Janete M. Alves – SEPE/BM
Luiz S. – SEPE/Friburgo
Eliana Neto – professora/VR – PSTU
Dayse Oliveira – SEPE/RJ
Danilo Serafim – SEPE/RJ
João Carlos Gino – professor
Luiz Antonio C. – SEPE
Adriano Santos – SEPE/RJ
Sidney – SEPE/NF
Marcos – SEPE/SG
Augusto Rosa – Nilópolis/S.J. Meriti – ORC
Oposição de Resistência Classista (ORC)
Alex Trentino – SEPE/RJ
Carlos Roberto – SEPE/Resende
Daysiane Alves de Oliveira – SEPE/Resende
Solange – C.E. Raul Vidal
Ralph S. – SEPE/Maricá

Florinda Lombardi – SEPE/RJ