Estudantes processados da USP recebem apoio de população no centro de São Paulo

Imagem

Estudantes realizam panfletagem, coleta de assinaturas e campanha financeira em defesa dos 72 da USP na Praça do Patriarca.

Como parte da campanha pelo fim dos processos contra os 72 da USP, o Movimento contra a Perseguição Política (MPP) aprovou uma atividade no centro de São Paulo, na Praça do Patriarca. Todos os dias uma banca e um banner são montados para a campanha junto à população.

A atividade é muito bem recebida pela população que se manifesta favorável aos estudantes contra a perseguição sofrida.

Esse apoio se manifesta com a assinatura em dois abaixo assinados, um em defesa dos estudantes contra a denúncia da MP e outro contra a presença da PM na USP. A campanha também está recolhendo contribuição financeira que será revertida em mais materiais.

A denúncia do Ministério Público é escandalosa e causa revolta na esmagadora maioria dos que passam pela banquinha montada. Os estudantes fizeram um banner com a charge e a palavra de ordem pelo fim dos processos.

Na atividade são vendidas camisetas com a charge e “pelo fim dos processos contra os 72” e o bônus da campanha financeira.

A denúncia feita pelo Ministério Público contra os 72 da USP é de formação de quadrilha, depredação de patrimônio público, entre outros. A população que passa pelo local, funcionários públicos, bancários, gráficos, professores, estudantes etc, protesta contra o PSDB e a repressão em geral sofrida pela população.

Participe também dessa importante atividade para esclarecer a população sobre o que está acontecendo na USP e porque os estudantes estão sendo processados.

A atividade acontece todos os dias das 9h da manhã as 17h.

Imagem