Direção da Amorcrusp dá golpe na assembleia dos moradores

A atual direção da Associação dos Moradores do CRUSP (Amorcrusp), chapa CRUSP Popular, passou por cima das deliberações da última assembleia e mudou a data e pauta da assembleia seguinte. A data e pauta determinada e aprovada pelo fórum era para ser na última terça-feira (14) e para tratar sobre as recentes intimações judiciais sofridas por estudantes.
A atual gestão, CRUSP Popular, no entanto, colou cartazes apenas na terça-feira, dia 14, e mudando, sem qualquer consulta, a data para o dia 15 e a pauta para o corte de bolsas. A direção da Amorcrusp fez isso mesmo depois da divulgação da assembleia feita por moradores que compõem o grupo Retomada, oposição à política levada pela atual direção. Aliás, os cartazes colados pela Retomada, convocando a assembleia “sumiram” dos murais.  
A medida, além de passar por cima das deliberações, confunde os estudantes que acabam, por fim, sem saber qual será a pauta e a data para a assembleia. Alguns estudantes foram à sala 51 ontem a noite, local marcado para a assembleia, mas a sala estava fechada e nenhum membro da direção da entidade apareceu para dar nenhum aviso.
A redação do Jornal da USP Livre! procurou os membros da associação nesta terça-feira, dia 14, para esclarecer o acontecimento, mas a sede estava fechada, mesmo no período normal de funcionamento.