Apesar do DCE, CCA aprova Assembleia geral para o dia 27 de maio

No último sábado, dia 18, o Conselho de Centros Acadêmicos da USP (CCA), realizado na Faculdade de Saúde Pública, aprovou a realização de uma assembleia geral dos estudantes da USP para a próxima segunda-feira, dia 27.

A proposta de realização de assembleia foi apresentada duas vezes, na primeira votação, para a realização de uma assembleia para o dia 28, terça-feira, proposta apresentada pelo Centro Acadêmico de Filosofia, a direção do DCE, conhecida por ser contrária a realização de assembleias, apresentou como argumento o fato de que nesta semana não seria possível, pois haveria outras atividades, entre elas, os congressos da UNE e Anel e uma atividade da frente LGBT. O diretor do DCE, Gustavo (MES/Psol), chegou a declarar que “Não achamos que assembleia é a melhor forma organizativa do movimento estudantil” comprovando como a atual direção do DCE não quer realizar assembleias decidindo tudo em reuniões do DCE ou no CCA.

Nesta votação, dos 26 Centros Acadêmicos presentes, 12 votaram contra a assembleia, 10 votaram a favor e outros quatro CA’s se abstiveram. Logo depois, outra proposta foi apresentada de assembleia para o dia 27. Inicialmente o DCE, que compunha a mesa da assembleia queria rejeitar a proposta alegando que ela seria uma manobra para aprovar a assembleia de qualquer maneira (!), mas este argumento completamente estapafúrdio foi rebatido por um estudante que disse que a segunda proposta era para se chegar a um consenso sobre a data da assembleia já que este era um dos principais motivos apresentados contra a outra assembleia.

Já nesta votação, a maioria dos CA’s presentes, 14, aprovaram a proposta e outros 9 votaram contrários, com duas abstenções.