Quem te viu quem te vê!

Antes de mais nada: Tanto em 2011 como em 2013: OCUPA! OCUPA! OCUPA E RESISTE!

Isso posto, é pertinente lembrar que em 2011 houve um golpe descarado por parte da gestão do DCE (composta em grande parte por MES – corrente do PSOL – e PSTU) de falar que a assembleia ia continuar e que ia decidir sobre ocupar a REItoria para, ao perceber que a proposta tinha chance real de ser aprovada, simplesmente decretar o fim e se retirar da assembleia, boicotando-a!

Com muita cara-de-pau, membros da mesa haviam falado para o plenário continuar na assembleia, “porque ainda temos importantes questões a encaminhar, como ocupação da REItoria e ato do movimento estudantil” e depois botaram o rabo entre as pernas e abandonaram uma grande galera à própria sorte, deslegitimando unilateralmente a assembleia de maneira impositiva e chantagista!

Depois disso, aconteceu a única vez em que vi Rodas dando respaldo a alguma assembleia estudantil. E foi – olha só! – apoiando essa decisão (do PSTU, do PSOL e de suas bases) de que a decisão de ocupar fora ilegítima.

Agora, essa galera do boicote de 2011 participou em peso da ação de ocupar a REItoria – sem nenhuma deliberação de assembleia!

Essa ação foi considerada ilegítima, minoritária, autoritária e nociva pelo movimento estudantil e pela esquerda? Não.

Aliás, até o Tribunal de Justiça de São Paulo fez coro com essa negativa – !

Então por que a ocupação da REItoria em 2011 foi – como se vê na Nota de esclarecimento sobre a assembleia geral dos estudantes de 01 de Novembro  e em “Estadão.EDU: DCE da USP critica ocupação da reitoria“- atacada e desqualificada?

Ressalto ainda que em 2011 não houve nenhuma decisão contrária a ocupar a REItoria! Retirar-se de assembleia promovendo boicote é bem diferente de deliberar pela negação com veemência.

Cebolinha Debate De Ideias Fulano Detal

Um comentário

Os comentários estão desativados.