Retórica de luta – DEFENDER OU NÃO DEFENDER PUBLICAMENTE O FIM DA GREVE E DA OCUPAÇÃO? EIS A QUESTÃO…

Seria uma questão caso não houvesse a retórica como instrumentos a serviço de Psol e PSTU, que dirigem o DCE. Segundo estes, sendo a greve e ocupação uma luta dialética devemos prezar pelo diálogo dialógico. Sendo dialética, também é possível que as duas coisas sejam defendidas ao mesmo tempo GREVE E NÃO GREVE, OCUPAÇÃO E NÃO OCUPAÇÃO, MOBILIZAÇÃO E NÃO MOBILIZAÇÃO, sem os “ismos” fora de moda do século XIX: positivismos, binarismos, sectarismos. Faremos uma exceção ao pós-modernismo, fundador do estruturalismo linguístico, sem o qual tal operação não seria possível.

Vejamos exemplos que são uma aula de retórica e do nosso querido DCE publicadas em seu site e no grupo do facebook. Tivemos a honra de coletar e ler incríveis conclusões ao longo desta semana que fazem uma síntese do que deve ser um movimento sensato:
_______________________________
“O CAMPUS DE SÃO CARLOS ESTEVE 2 SEMANAS EM UMA GREVE HISTÓRICA. OS ESTUDANTES OCUPARAM TAMBÉM A PREFEITURA DO CAMPUS LOCAL.”
NA SEMANA PASSADA, O MOVIMENTO CONSEGUIU INÚMERAS VITÓRIAS“
COM ISSO, EM ASSEMBLEIA COM MAIS DE 1200 PRESENTES, FOI VOTADA A DESOCUPAÇÃO DO PRÉDIO E O FIM DA GREVE, DE MANEIRA ABSOLUTAMENTE VITORIOSA.”
PRECISAMOS CONSOLIDAR TAMBÉM AS VITÓRIAS DA USP TODA. VENHA PARA A ASSEMBLEIA GERAL, 06/11, 18H NO VÃO DA HISTÓRIA/GEOGRAFIA!”
_________________________________

A greve garante vitórias e a ocupação também. Mas a consolidação da luta se dá pela assembleia geral afinal é lá que podemos ACABAR COM A GREVE E A OCUPAÇÃO NA PARA CONSOLIDAR AS VITÓRIAS NA USP.

Que dizer destes outros trechos retirados da matéria intitulada “ENTENDA O TERMO DE ACORDO COM A REITORIA”? 
_________________________________
“NESSE MOMENTO, É NATURAL QUE MUITOS ESTUDANTES FIQUEM CONFUSOS. O OBJETIVO DESTE TEXTO É ESCLARECER ALGUMAS DÚVIDAS (…)
AS CONQUISTAS JÁ ESTÃO GARANTIDAS?
AINDA NÃO. A REITORIA É ESPERTA E, NUM PROCESSO DE NEGOCIAÇÃO, SÓ FECHA O ACORDO MEDIANTE A DESOCUPAÇÃO DA REITORIA E O FIM DA GREVE.”
__________________________________

Fomos esclarecidos da política do DCE tirando a conclusão de que há vitórias mas não há, pois elas não foram garantidas. Precisamos ser mais espertos que a reitoria e acabar com o movimento afinal PRECISAMOS ACABAR COM A GREVE E A OCUPAÇÃO NA ASSEMBLÉIA PARA CONSOLIDAR AS VITÓRIAS NA USP.
Ainda não perceberam a genialidade implícita? Que tal este?
__________________________________
“DAQUI PARA FRENTE, ACREDITAMOS QUE DEVEMOS NOS MOBILIZAR AINDA MAIS. A LUTA POR DEMOCRACIA NA USP NÃO COMEÇOU EM 2013. VEM DESDE MUITO TEMPO E, TEMOS CERTEZA, CONTINUARÁ COM TODA FORÇA AINDA NESTE ANO E PRINCIPALMENTE EM 2014.”
__________________________________

O DCE nos chama à luta pro ano de 2014. Com certeza o ano de Copa trará o verdadeiro espírito de luta patriótico que irá contrariar a lógica de todos os últimos seis anos, de que todo ano par tem um refluxo graças ao fim dos movimentos de anos ímpares. O quão gênio não pode ser o DCE? Esta genialidade quebra paradigmas históricos, já que PRECISAMOS ACABAR COM A GREVE E A OCUPAÇÃO NA ASSEMBLÉIA PARA CONSOLIDAR AS VITÓRIAS NA USP.

Não viu maestria dialógica nas palavras acima? Então verá nestas que fariam inveja a Bakhtin:
__________________________________
“(…) PARA ISSO, É NECESSÁRIO REFLETIR SOBRE NOSSAS TÁTICAS. ALGUMAS PESSOAS ACREDITAM QUE CONTINUAR A MOBILIZAÇÃO É SINÔNIMO DE CONTINUAR A GREVE E A OCUPAÇÃO DA REITORIA. SOMENTE ISSO NÃO É VERDADE [uma linda construção sintática e filosófica]
A GREVE E A OCUPAÇÃO SÃO FERRAMENTAS QUE NOSSO MOVIMENTO SE UTILIZA PARA CRESCER. NO DIA 01 DE OUTUBRO, FORAM ESTES FATOS QUE NOS LEVARAM A MASSIFICAR A LUTA. DURANTE TODO MÊS, FORAM NOSSAS GREVES, PIQUETES E A OCUPAÇÃO QUE OBRIGARAM A REITORIA A RETROCEDER, NEGOCIAR E CEDER.
MAS AGORA TEMOS UM RISCO: SE NÃO CONSOLIDAMOS NOSSAS VITÓRIAS, NO PRÓXIMO PERÍODO PODEMOS RETROCEDER.”
__________________________________

Resumindo, greve e ocupação massificam o movimento, pressionam o reitor e fazem a reitoria ceder consolidando nossas pautas, mas “SOMENTE ISSO NÃO É VERDADE”, o contrário também é verdade: a greve e ocupação podem acabar com nossa vitória e dissolver nossas pautas, pois quando duas verdades se cruzam, deve prevalecer a verdade absoluta, incontestável:
PRECISAMOS ACABAR COM A GREVE E A OCUPAÇÃO NA ASSEMBLÉIA PARA CONSOLIDAR AS VITÓRIAS NA USP.
Tudo bem, acho que agora você deve estar entendendo, mas há uma pontinha de dúvida ainda né? Afinal estes “ultras” querem morar na reitoria. Apesar de a ocupação dos blocos K e L ser uma pauta do movimento vamos esquecer disso, afinal… PRECISAMOS ACABAR COM A GREVE E A OCUPAÇÃO NA ASSEMBLÉIA PARA CONSOLIDAR AS VITÓRIAS NA USP.

Vamos lá, mais uma de gênio como brinde:
_______________________________
“OS ESTUDANTES PRECISAM FAZER VALER A SUA VOZ. DEMONSTRAR QUE O MOVIMENTO ESTUDANTIL DEVE SER DEMOCRÁTICO, EXPRESSANDO A OPINIÃO DOS QUE QUEREM AVANÇAR. A PRÓXIMA ASSEMBLEIA GERAL ACONTECERÁ QUARTA-FEIRA. QUEREMOS QUE, NELA, O MOVIMENTO TOME AS DECISÕES MAIS SENSATAS PARA AMPLIAR NOSSA MOBILIZAÇÃO DAQUI PARA FRENTE. PARA ISSO, CADA UM DE NÓS É IMPORTANTE. PENSE: SE VOCÊ NÃO ESTIVER NA ASSEMBLEIA, AS COISAS PODEM NÃO SER ASSIM.
ATÉ LÁ, NOSSO MOVIMENTO AINDA PRECISA PRESSIONAR A REITORIA A GARANTIR A AUSÊNCIA DE PUNIÇÕES. E, COM ISSO, PODEMOS TER UMA VITÓRIA RETUMBANTE EM NOSSA GREVE DE 2013”
______________________________

Você, estudante sensato, maioria silenciosa, que até agora não expôs sua opinião contra a greve pela falta de democracia das assembléias, compareça para tornar esse movimento mais sensato. Até lá os estudantes radicais, insensatos, “ultras” lutaram muito por você, mas depois dessa assembleia não passa… porque PRECISAMOS ACABAR COM A GREVE E A OCUPAÇÃO NA ASSEMBLÉIA PARA CONSOLIDAR AS VITÓRIAS NA USP.

PENSEM: SE VOCÊS ESTUDANTES SENSATOS NÃO ESTIVEREM NA ASSEMBLEIA, AS COISAS PODEM NÃO SER ASSIM.

Freud Mercury