Pró-aluno fechada

Algumas salas Pró-aluno, para o uso de computadores pelos alunos, estão fechadas na USP. A reitoria cortou as bolsas dos monitores das salas alegando a necessidade de corte de gastos. As salas são essenciais para que os estudantes que não possuem internet em casa possam acessá-la. O governo do PSDB retira aos poucos cada um dos direitos dos estudantes, afim de viabilizar o projeto de privatização da USP.