Fora PM do campus: Núcleo de Consciência Negra é invadido por policias e dois menores são levados presos

1

Na noite de ontem, dia 02 de julho, o aparato de repressão do Estado, a Polícia Militar invadiu, de mãos armadas e aos gritos, o Núcleo de Consciência Negra da USP e abordou de forma violenta dois menores de idade negros, moradores da favela da São Remo, que fica ao lado da universidade.

No momento da invasão a sala estava com alguns estudantes que estavam em aula. A polícia, sem nenhum constrangimento, mirou a arma para o jovem negro e mandou que esse colocasse as mãos na cabeça e se rendesse.

Um dos jovens desesperou-se, colocou a mão para cima, levantou a camisa mostrando que não portava nenhuma arma e disse: “ele quer me matar”. Não duvidamos.

Os presentes tentaram impedir a rendição do menor e pediram que o policial explicasse o motivo da prisão. Enquanto os dois policiais invadiam o Núcleo de Consciência Negra outras viaturas se aglomeravam do lado de fora do prédio. Os dois menores de idade foram detidos e levados ao 91° Departamento de Polícia arbitrariamente, uma vez que não foram pegos em flagrante cometendo nenhum crime.

Mais esse fato expõe a realidade da presença da PM dentro do campus da USP que pelo contrário que alegam a reitoria, o governo do Estado, do PSDB e a direita dentro da USP não serve para defender ninguém, nenhum estudante, professor ou funcionário, mas para servir de braço armado dentro do campus.

A direita coxinha, a mesma que apoia o aumento da punição, que pede a pena de morte, que quer prender sem julgamento, apreçou-se em destilar seu “amor” pela ação da PM na página do DCE e de alguns grupos da USP no facebook mostrando o seu lado mais fascista e carniceiro.

Os estudantes da USP devem reagir a mais essa ação do aparato repressivo do Estado e exigir a imediata saída da PM do campus que anda ostensivamente armada e ameaça estudantes, invade suas entidades, reprime o movimento estudantil e ataca os moradores da São Remo.

Assista aqui a invasão da PM ao Núcleo de Consciência Negra e a truculência contra os jovens menores

18 comentários

  1. Segundo a SSP, “a ação dos policiais militares foi correta tanto no ponto de vista legal quanto técnico e, graças a essa atuação, dois infratores foram detidos e aquela arma de fogo não será mais usada para cometimento de crimes”. Ela informou ainda que os menores foram encaminhados para o 91º Distrito Policial, reconhecidos por vítimas de roubo e encaminhados para a Vara da Infância e Juventude.

    Legal Eles Foram Reconhecidos Pelas Vitimas Do Sequestro Relampago Que As Pobres Crianças Realizarão Sem Saber Que Isso é Crime .

    Curtir

    • Eu acho que se fosse realizada uma votação na usp sobre a permanência da pm, com certeza ia ser votado para continuar e até mesmo aumentar o policiamento. Essa galera não fala nem por 15% da usp, só que os outros cursos não tem tempo e o próprio curso não prepara o aluno para se colocarem a favor da permanência da pm, daí acaba sendo mostrado só a opinião da minoria..

      Eu pedalo todo dia anoite saindo da faculdade ou voltando do trabalho, e apesar de não ter visto nenhuma situação de perigo no trajeto que eu faço, com certeza quando passa o carro da guarda universitária ou da pm fico mais tranquilo.

      Vocês poderiam propor uma votação através de algum sistema online da usp, como o jupiter, para ter uma noção da opinião dos alunos e funcionários. Só não vale falar que foi manipulado se perderem.. haha

      Att.,

      Curtir

    • expor menores é crime! Ainda mais em redes sociais agrava-se! Vamos denunciar quem publicou o video sem desfocar a cara dos menores

      Curtir

  2. A pm deveria ter soltado mesmo esses pobres menores e soltado eles, para que proteger esses estudantes que só falam asneiras, esses menores com certeza vão sair logo e guardo enfiar o cano da arma na cara desses patetas que dizem intelectuais e atirar, eles devem chamar os professores para aconselhar os menores coitados e não chamar a polícia, quanto desperdício do dinheiro dos meus impostos com esseessaessa usp a qual passou da hora de ser fechada, menores do São remo vai visitar esses estudantes.

    Curtir

  3. Pessoal estou acompanhando o caso retirem o video da internet por favor. Sou professor do NCN da usp, a defensoria pública já nos informou primeiro que é proibido a veiculação de video com menores, além de expor os esses dois irmãos.

    Peço que atendam a esse pedido e/ ou entrem diretamente em contato com o NCN o mais rapido possível

    Curtir

    • Olá professor, tudo bem? Você está querendo censurar nossa página? Você como professor deveria saber sobre nossa causa e o que nos motiva a continuar lutando.
      Quando policiais abusam das pessoas, não importam as envolvidas, DEVE SIM SER PUBLICADO! (ou devemos então pedir ao youtube para remover todos os vídeos com menores?)
      Nós do USP Livre! fizemos uma longa pesquisa cruzando os dados do seu comentário com o banco de dados de professores ativos e aposentados e descobrimos tudo sobre você. Por exemplo: sabemos que você é filho de um militar que atuou ativamente na época da ditadura!
      É isso que você quer professor? Que retiremos a denúncia? Que deixemos de existir para deixar essa afronta com os direitos humanos continuar acontecendo livremente pelo nosso campus?
      Você é uma vergonha para o corpo docente da nossa estimada universidade.

      Curtir

      • Acho que vocês não entenderam. Não conheço esse professor, por isso não posso falar por ele, mas a veiculação da imagem dos irmãos os expõe indevidamente. Não é para deixar de fazer a denúncia, mas é para tomar cuidado com essas exposições. Não é pela polícia, é pelos jovens.

        Curtir

  4. O pessoal da USP não curte a PM pq os policiais não deixam eles fumar seu baseado em paz no campus… Bando de playboy hipócrita…

    Curtir

  5. Sociedade e imprensa hipócritas. Reportagem sensacionista. Criticam o serviço policial sem ter o mínimo conhecimento da legislação que o ampara. Não houve ameaça, racismo, abuso, ilegalidade ou arbitrariedade por parte do agente público tendo em vista que o mesmo afirmou que o “anjinho” adolescente desobedeceu ordem legal de abordagem e ofereceu resistência fugindo correndo para dentro no Núcleo. À luz do Código Penal, quem comenteu crimes foi o adolescente e não o policial, por isso aquele PODE e DEVE ser apreendido e conduzido à delegacia. Mas como é de costume dessa sociedade hipócrita, invertem os valores e tratam o certo como errado, são coniventes com o crime e contrários à ordem. Ao contrário do que muitos de vcs que se julgam exímios “especialistas em segurança pública” ACHAM, no caso dos crimes em flagrante de desobediência e resistência que o infrator adolescente comenteu o policial está amparado pela lei para entrar em qualquer local para efetuar a sua apreensão, não necessitando de mandado judicial. Se vcs são tão conhecedores de direitos deveriam saber disso! Fica meus parabéns à ação dos policiais, meu repúdio a esta reportagem e um conselho a todos vcs: quando forem vítimas de crimes cometidos por um adolescente não chamem a polícia, chamem o Batman!

    Curtir

    • O mais engraçado é que a matéria não cita que foi localizada uma arma de fogo do lado de fora da instituição que foi dispensada pelos adolescentes no momento da abordagem, nem que eles foram reconhecidos pelas vítimas do roubo… “Quem defende vagabundo é vagabundo tbm!”

      Curtir

    • Assim como a Dilma é criticada, apesar de todo avanço e qualidade de vida que o PT e o governo Dela nos proporcionou (e proporciona), estamos sendo criticados por lutar pelos direitos estudantis. Pelos seus direitos.
      Se lutar pela dignidade das pessoas e pela força estudantil é ser um câncer, que seja!
      Poder estudantil!

      Curtir

  6. Fui estudante da USP na POLI-NAVAL época do Zé Dirceu (quando vagabundo e morador do CRUSP), os milicos não davam mole, bandido bom é bandido morto, um bosta deste, dimenor, usa e abusa do direito de estar armado e foda-se a vida alheia, mas é protegido pelos “DEREITOS DE MERDA HUMANOS, e tem consciência sim, de como se proteger, afinal assinus assinum fricat!!!! )obs NO CAMPUS, NÃO EXISTIAM PORTÕES, SEGURANÇA, OS PRÉDIOS FICAVAM ABERTOS DIA E NOITE, AOS DOMINGOS ERA FREQUENTADO POR MORADORES DA REGIÃO COMO LAZER, O QUE MAIS SE VIA ERAM CRIANÇAS BRINCANDO – É SÓ OBSERVAR O QUE OCORRE COM O CAMPUS DA UFSC, AQUÍ FLORIANÓPOLIS, E TEM MAIS POLICIAL NÃO TEM QUE DAR EXPLICAÇÕES PRÁ NINGUÉM TEM MAIS É QUE CUMPRIR SUA FUNÇÃO DE PROTEGER A SOCIEDADE DESTA MERDA QUE AÍ ESTA – PARABÉNS AO FBI E A TOLERÂNCIA ZERO NOS ESTADOS UNIDOS, OU LÁ A EDUCAÇÃO É RELEGADA A PLANO SECUNDÁRIO????

    Curtir

  7. Mas pera, o rapaz falou que já roubou no campus em outra situação…tem q ver direito isso ae…

    Curtir

  8. Oi, sem diminuir a gravidade do que aconteceu ontem no NCN, mas poderiam apenas retirar o vídeo da página? Porque, de acordo com o ECA, expor os menores em situação vexatória – independentemente do que tenham ou não cometido – é violação de seus direitos.
    Grato

    Curtir

Os comentários estão desativados.