O movimento que o DCE sempre sonhou

O movimento estudantil da Universidade de São Paulo é histórico. Foi responsável por diversas mobilizações importantes que mudaram os rumos do país. No entanto, o que ocorre neste momento dentro desse movimento estudantil universitário é algo bizarro.

Como a universidade é do estado, suas reivindicações estão direcionadas para o governo do estado, para o PSDB. Mas apesar disso, atualmente existe uma luta de muito maior envergadura em curso no Brasil, que é o golpe de estado. Neste sentido, os estudantes não devem ser indiferentes a essa luta, como defende o DCE e os CAs dirigidos por eles, mas sim intervir nela.

O atual controle do diretório está nas mãos da esquerda pequeno burguesa, mais conhecida como Psol e PSTU ou esquerda coxinha. E como estão contrários a luta contra o golpe manobram os estudantes para que não se mobilizem contra os ataques da direita.

O movimento na USP está praticamente morto, não há mobilização real dentro e nem fora da universidade, e isso se deve a atuação deste DCE. Eles não querem um movimento de verdade dentro da faculdade, querem mesmo é brigar entre amigos, esse é o movimento que o DCE sempre sonhou e que deve ser combatido.

O golpe de estado é de extrema importância para todos os cidadãos e, caso obtenha vitória, irá influenciar a vida de todos, principalmente para os estudantes da maior e mais importante universidade do país.