Reitoria fecha ruas contra manifestação em reunião do Conselho Universitário

Um verdadeiro estado de sítio

Nesta terça-feira (1º) estudantes e funcionários marcaram um ato em frente ao local onde o Conselho Universitário (CO) iria se reunir, contra o desmonte da universidade feito pela reitoria. Para tentar impedir a mobilização, a reitoria usou veículos da USP para fechar as ruas em volta do seu edifício administrativo.

A medida expõe o verdadeiro estado de sítio vigente na USP. Além de a participação de estudantes e funcionários ser praticamente nula nos órgãos de decisão, as manifestações democráticas são tratadas de forma truculenta.