Zago quer privatizar a pós graduação

Imagem autoexplicativa.
Imagem autoexplicativa.

Recebemos a denúncia de que o nosso amado e idolatrado reitor Zago, “o reitor bonzinho”, está com sérias intenções em transformar a Pós-Graduação da USP em privada. Em reunião recente realizada com a Pós Graduação, Zago disse para os presentes “vamos esquecer a CAPES”. Sendo a CAPES (Centro de Apoio Profissionalizante Educacional e Social) a maior fornecedora de bolsas para os estudantes da Pós Graduação uma ruptura com esta instituição seria o caminho ideal para que o governo do PSDB aprofunde ainda mais a privatização da USP.

Não é difícil de imaginar como isso seria implantado. Primeiro a reitoria da USP rompe com a CAPES, segundo centenas de estudantes ficam sem conseguir fazer ou concluir a pós graduação, terceiro a reitoria e o governo golpista do PSDB dizem que não tem recursos para financiar as bolsas “o Brasil está em crise” etc…., quarto apresentam como solução: “flexibilizar a captação de recursos para a universidade”, ou seja, uma pós graduação paga, privada atrelada a interesses privados. Este assunto é da maior importância e por isso em breve aprofundaremos o assunto.