Opinião – Movimento Brasil Território Livre

O grupo de esquerda simpático à direita, Território Livre, levanta as mesmas palavras de ordem que grupos de extrema-direita, em defesa do impeachment e até mesmo pedindo “Lula na prisão”.

O TL está ficando cada vez mais parecido com o Movimento Brasil Livre (o MBL, de Kim Kataguri e outras figuras grotescas) e não por acaso foi elogiado por esta organização de fachada dos interesses do imperialismo norte-americano.

Os dois grupos não só estão na mesma trincheira que firmaram posição a favor do golpe de Estado. Ambos também ostentam a bandeira nacional como símbolo.  Parece faltar pouco para que a frente única pontual pelo impeachment dê um salto mortal e apresente uma nova mercadoria: um partido coxinha vermelho. Mas, calma lá.

MBL ou TL? Elogios rasgados dos coxinhas de direita aos coxinhas de esquerda.
MBL ou TL? Elogios rasgados dos coxinhas de direita aos coxinhas de esquerda.

A anexação do Território Livre pelo Movimento Brasil Livre ainda encontra um obstáculo. Os militantes que dizem lutar pelo socialismo pedindo a prisão de Lula e apoiando a ascenção de Temer ao governo (com um passo dado em direção à revolução!) não encontraram coragem ainda para desfraldar suas bandeiras vermelhas no meio de uma manifestação verde amarela, anti-comunista, da classe média coxinha e dos fascistas e skinheads defensores do golpe militar e da tortura de militantes.

Paulo Silva

Estudante de Letras