Fora Temer? Não! Fora todos os golpistas!

Com a suspensão do mandato de Dilma e a ascensão do governo golpista de Michel Temer, vários partidos e grupos levantaram a palavra de ordem de “Fora Temer”!

Trata-se de uma palavra de ordem que não tem como resolver os problemas colocados para a classe trabalhadora e todos os oprimidos.

O problema não se resume a Michel Temer e o seu governo ilegítimo. Enquanto estamos lutando contra os golpistas para impedi-los de tomar conta do poder político, também estamos lutando para acabar com o monopólio das comunicações, o fim da PM assassina, pela reforma agrária, pela liberdade de organização partidária, entre outras tantas coisas.

“Fora Temer!” não satisfaz essas reivindicações. Um governo encabeçado por outro golpista, como os presidentes do Senado, Câmara, ou STF, não seria um avanço. Devemos nos focar na questão principal: o golpe. Numa luta para acabar com o Estado de exceção que está se formando, contra os partidos golpistas, o judiciário, a imprensa burguesa, as polícias, é preciso lutar para derrubar todos os golpistas e por uma assembleia nacional constituinte, controlada e organizada pelo povo, para garantir direitos e liberdades democráticos e impor uma derrota aos golpistas.

J.J.