Qual quadro possui mais pontos pretos? Dá pra ver por “contraste”?

olho

Não? Acalme-se, não precisa se desesperar e correr até um oftalmologista. Realmente é difí- cil enxergar contraste quando se tem números tão próximos dos dois lados. Nos quadros ao lado, temos 256 quadradinhos pretos de um lado, e 225 do outro. É mesmo difícil enxergar o contraste porque este não pode ser percebido de um golpe de vista.

Agora transporte esse exemplo para uma assembleia de verdade. Só que aí há mais problemas. Na vida real os quadros (ou braços levantados) não ficam parados lado a lado, não se pode enxergar de um mesmo local todas pessoas que estão votando, há pessoas fora do campo de visão, pessoas se mexendo, etc.

Ou seja, há bastante dificuldades. É natural. Baseando-se na última assembleia geral de estudantes da USP, em que algumas votações ficam realmente apertadas e as manobras da mesa do DCE (Psol/PCB) diante do suposto contraste, o Jornal da USP Livre! propõe uma maneira normal e saudável de prosseguir quando não se consegue enxergar qual proposta possui mais apoio: contar os votos. É rápido. É fácil. É democrá- tico. É organizado e o que precisa ser feito, sempre.